Decoração

5 Dicas de como usar plantas na decoração de ambientes e eventos

Plantas na decoração

O uso de plantas na decoração é um costume que faz ou fez parte de quase todas as famílias brasileiras. Além do cuidado com a construção de jardins e a presença de plantas nas áreas externas, elas são usadas também em interiores.

Utilizar plantas na decoração pode ser uma ótima estratégia para trazer um aspecto mais ameno ao ambiente. Elas têm o potencial de transformar o espaço dando a ele um ar mais aconchegante. 

Com seus diferentes tons e matizes, as plantas podem ser curingas em quase qualquer ambiente. Além de todas as formas possíveis e das diferentes variações de verde das folhas, algumas espécies ainda nos brindam com belas flores. 

É claro que para usar plantas na decoração é bom tomar alguns cuidados para evitar problemas. Além do risco de criar um ambiente sem muita harmonia, o uso incorreto desses seres vivos pode fazer mal ou até matá-los. 

Por isso, se você está considerando utilizar plantas na decoração da sua casa, negócio, escritório, evento ou o que quer que seja, atente-se às seguintes dicas.

1 – Escolha as plantas de acordo com o tipo de ambiente

Aqui não há muita ciência a ser seguida, na verdade. A orientação é bem simples: escolha as plantas pensando no ar que você gostaria de dar ao ambiente. Se sua ideia é criar um contraste com cores mais terrosas, escolha plantas com folhas de tons verde escuros.

Caso seu objetivo seja criar um ar mais leve, com uma decoração baseada em cores claras, o mesmo se aplica às folhas das plantas. Caso seu desejo seja por plantas na decoração para trazer mais vida ao ambiente, procure pelas que florescem. 

Algumas plantas dão flores mais chamativas que outras. Além disso, os períodos de floração também são distintos, por isso pode ser interessante procurar por uma que esteja florida na maior parte do ano.

2 – Plantas na decoração precisam da quantidade certa de sol

Como já dissemos neste texto, as plantas são seres vivos, não apenas objetos de decoração. Por isso, ao usar plantas na decoração pense na rotina de cuidados que serão necessários. 

Se a sua opção for por plantas de cores claras, saiba que elas requerem maior exposição direta à luz solar. Por isso coloque essas plantas na decoração de espaços abertos. Elas também podem ficar mais próximas a janelas ou portas que recebam muita luz do sol.

Por outro lado, as folhas em tons verde escuros indicam que a planta vive melhor em ambientes com menos sol. Essas são as mais indicadas para lugares que recebem iluminação indireta. Caso você coloque uma dessas direto na luz solar por muito tempo ela pode ficar amarelada, queimada e até morrer.

3 – Lembre-se da rega!

Além do sol, outro item essencial é a rega. Há espécies que precisam de menos água, como é o caso dos cactos e suculentas. Essas podem ser as ideais se você não tem muito tempo para dedicar às plantinhas. Cactos e suculentas podem ser encontrados em diversos tamanhos e cores. A regra quanto à luz do sol é a mesma que para as outras, dita no item anterior.

Outra vantagem dos cactos e suculentas é que eles geralmente podem ser encontrados em pequenos vasos. Isso permite que sejam posicionados em estantes, mesas de centro e próximo a janelas que recebem bem a luz do sol.

4 – O vaso certo para a plantinha certa

Um item que faz toda a diferença na hora de usar plantas na decoração, seja lá qual for a posição delas no espaço, é o vaso. Esses objetos podem ser ótimos coadjuvantes ou ganhar o protagonismo da decoração, você escolhe.

É importante pesquisar e saber se a planta que você escolheu prefere vasos mais profundos ou mais rasos. Algumas também vivem melhor em espaços mais largos enquanto outras suportam vasos mais estreitos. 

Existem vasos de cores e texturas diversas. Por isso, ao usar plantas na decoração esse item deve estar em mente. Os diferentes tipos de material usado podem fazer toda a diferença na harmonização do ambiente.

Existem também os cachepôs, vasos que podem comportar vasos menores dentro. Dessa forma você pode manter o mesmo “casco” e trocar sempre as plantas sem precisar mexer em terra. Isso nos leva à última dica.

5 – Faça um rodízio, mas não de pizza 

Em algum momento suas plantas podem precisar de um tempinho ao sol. Por isso, para não ficar sem as belezuras em casa ou no escritório, tenha reservas. Fazendo isso você poderá ter sempre algumas plantas dentro de casa enquanto as outras estão ao ar livre recebendo sol e chuva.

Outra coisa interessante é fazer rodízio entre as posições das plantas no ambiente. Assim elas receberão intensidades diferentes de radiação solar ao longo dos meses. Isso vai ajudar a mudar um pouco o aspecto do lugar de vez em quando, além de preservar a saúde das suas amigas verdes.